replica rolex rolex is still the best choice inside of the global watch market sector.
diamond painting made in usa.

what companies are selling legit cheap sex doll?

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Evento traz Política de Inovação para o centro do debate

  • Publicado: Terça, 28 de Dezembro de 2021, 20h20
  • Última atualização em Quarta, 26 de Janeiro de 2022, 14h47
  • Acessos: 42

Evento traz Política de Inovação para o centro do debate

O Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro, sediou entre os dias 2 e 3 de dezembro, o Seminário sobre Política de Inovação nas Unidades de Pesquisa (UPs). O evento, híbrido, buscou dialogar sobre a importância da instituição e atualização das políticas de inovação e de patenteamento pelas UPs do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e sobre a aproximação dessas entidades com o setor privado.

O evento, organizado pela Secretaria de Empreendedorismo e Inovação (SEMPI), foi conduzido por Marcos Cesar de Oliveira Pinto, Diretor do Departamento de Empreendedorismo Inovador da SEMPI (DEEMI/SEMPI); Gesil Amarante, presidente do Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (FORTEC); e Juliana Crepalde, diretora técnica da FORTEC. O público presente era composto por representantes das UPs e de arranjos de Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) do ministério.

Estiveram presentes, de forma remota, na abertura evento: Alex Magalhães Subsecretário de Unidades Vinculadas (SUV); Marcelo Montalvão, Coordenador-geral e auditor das Áreas de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações da Controladoria-Geral da União (CGU); Paulo Alvim, Secretário de Empreendedorismo e Inovação (SEMPI); e Sergio Freitas de Almeida, Secretário-executivo do MCTI (SEXEC). A inovação foi tratada como tema prioritário.

No primeiro dia foi discutida e debatida a situação atual da política de inovação com os representantes das UPs. Vivian Beatriz Lopes Pires, Coordenadora de Gestão de UPs (COUPE), estava presente no evento e falou sobre o processo evolutivo da inovação no cenário nacional. Apresentou o mapa das instituições e quais já possuíam a política implementada. Dra. Deolinda Vieira Costa, procuradora chefe da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), e membro da Câmara Permanente da Ciência, Tecnologia e Inovação, também esteve presente no seminário apresentando sua experiência sobre a uniformização do entendimento jurídico sobre o tema.

Dentre os assuntos abordados nos dias de seminário estão o Marco Legal da Ciência e Tecnologia (Emenda Constitucional nº 85/2015, Lei nº 13.243/2016 e Decreto nº 4.783/2018 e sua relação com as Políticas de Inovação, a evolução das bases legais que compõem a estrutura e as metodologias de construção de Políticas Institucionais de Inovação e o estímulo aos ecossistemas de inovação.

registrado em:
Fim do conteúdo da página