replica rolex rolex is still the best choice inside of the global watch market sector.
diamond painting made in usa.

what companies are selling legit cheap sex doll?

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

A Iniciativa Open Universe: Ciências Espaciais para o Desenvolvimento

Publicado: Terça, 24 de Novembro de 2020, 19h22 | Última atualização em Terça, 08 de Dezembro de 2020, 18h08 | Acessos: 663

Ulisses Barres de Almeida, Pesquisador Associado I do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), é o sétimo convidado dos Colóquios Científicos, série organizada em parceria entre o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) e o Instituto da Metrópole.

O evento acontece de forma virtual, com transmissão ao vivo pelo canal do CBPF no Youtube. 



 


Sobre o tema

Um dos desafios cruciais da nossa sociedade está em buscar que os vastos desenvolvimentos científicos e tecnológicos de nossa época sejam equiparados por um equivalente grau de progresso ético e moral que permitam, de um lado, a preservação de um futuro próspero para as próximas gerações, e de outro, que os benefícios de tal prosperidade possam ser compartilhados por todos. O espaço será, sem dúvida, uma das grandes fronteiras da atividade humana no século XXI, seja pelo crescimento exponencial no uso da órbita terrestre, seja pela retomada da exploração dos corpos celestes mais próximos. Tais atividades terão impacto crescente nos mais diversos aspectos da vida humana no planeta, porém hoje, passados 60 anos da corrida espacial, o acesso aos benefícios da exploração do espaço permanecem distribuídos de maneira profundamente desigual no mundo. A Agenda 2030 para o Espaço das Nações Unidas congrega um grupo de atividades e ações planejadas para orientar as atividades espaciais em direção aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. A Iniciativa Open Universe é um destes projetos, proposto conjuntamente pela Itália e Brasil para compor a Agenda 2030. Ela parte do reconhecimento de que os dados científicos são hoje a porta de acesso preferencial para a exploração espacial, e buscará usar a ciência aberta para contribuir para a democratização no acesso ao conhecimento e a capacitação no setor espacial. Neste colóquio eu irei apresentar a Iniciativa Open Universe, que está na iminência de sua fundação junto ao Escritório da ONU para Assuntos do Espaço Exterior.

Sobre o palestrante

Doutor em Astrofísica pela Universidade de Durham, Inglaterra (2011), e pesquisador associado do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, onde trabalha no desenvolvimento de detectores e no estudo de fontes cósmicas de radiação gama de altíssima energia, atuando, neste contexto, como Coordenador Científico do Southern Wide-Field Gamma-Ray Observatory (SWGO) e Coordenador de Observações Multi-Banda do Cherenkov Telescope Array (CTA). Em 2017, ganhou o prêmio Jovem Astrônomo da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), e desde 2018 é membro afiliado da Academia Brasileira de Ciências. É um dos proponentes da Iniciativa Open Universe das Nações Unidas. 

 

 

COLÓQUIOS CIENTÍFICOS
Palestrante: Ulisses Barres, físico
Tema: A Iniciativa Open Universe: Ciências Espaciais para o Desenvolvimento
Dia: terça-feira, 08 de dezembro
Horário: 17h
Local: canal do CBPF no Youtube: www.youtube.com/CBPFvideos

registrado em:
Fim do conteúdo da página