replica rolex rolex is still the best choice inside of the global watch market sector.
diamond painting made in usa.

what companies are selling legit cheap sex doll?

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

FAPERJ promove encontro com as Unidades Vinculadas ao MCTI sediadas no RJ

Publicado: Segunda, 02 de Maio de 2022, 10h54 | Última atualização em Segunda, 02 de Maio de 2022, 10h56 | Acessos: 52

Na última quinta-feira, 28/04, a diretoria da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (FAPERJ) recebeu em sua sede os representantes das Unidades Vinculadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) sediadas no estado do Rio de Janeiro e contou com a presença (por videoconferência) do sr. Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovações, Dr. Paulo Alvim. A reunião foi motivada pelas vinculadas para discutir com a FAPERJ e o MCTI formas de incentivar e promover o ecossistema estadual de CT&I.

Participaram do evento o presidente da FAPERJ, Jerson Lima da Silva; a diretora científica da FAPERJ, Eliete Bouskela; o diretor de tecnologia da FAPERJ, Maurício Guedes; o Ministro de Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim; a diretora do Instituto Nacional de Tecnologia (INT), leda Maria Vieira Caminha; a diretora do Centro de Tecnologia Mineral (CETEM), Silvia Cristina Alves Franca; o diretor do Laboratório Nacional de Computação Cientifica (LNCC), Fábio Borges de Oliveira; o diretor substituto do Observatório Nacional (ON), Fernando Roig; o coordenador de Desenvolvimento Tecnológico do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), Marcelo P. de Albuquerque; a gestora de inovação da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), Daniella Archila; chefe da divisão de Radioproteção do Instituto de Radioproteção e Dosimetria (IRD), Ana Cristina Ferreira; e o diretor do Instituto de Energia Nuclear (IEN), Fábio Staud.

O ministro Paulo Alvim ressaltou o apoio que o ministério vem dando às suas instituições e citou, como exemplo, o edital lançado pela Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) em 2022 para fortalecimento e manutenção da infraestrutura de pesquisa nas unidades com vistas a criar um ambiente favorável ao desenvolvimento de pesquisas de qualidade e internacionalmente reconhecidas. Disse também que o Ministério vem estudando o fortalecimento do Programa de Capacitação Institucional (PCI), que é um programa executado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) objetivando uma capacitação técnica, científica e de inovação das Unidades de Pesquisa do MCTI, por meio da agregação e capacitação de profissionais especializados, e sem vínculo empregatício, para contribuir na execução de programas e projetos institucionais.

O Presidente da FAPERJ, Jerson Lima, informou que a agência de fomento tem muito interesse em lançar programas em conjunto com o MCTI para apoiar as Unidades Vinculadas em suas áreas temáticas e de interesse do estado do Rio de Janeiro. As áreas que foram abordadas inicialmente na reunião foram o fomento à pós-graduação, a pesquisa básica e à inovação. Foi também lembrado que o Diretor do CBPF, Ronald Shellard, falecido em dezembro, foi membro do Conselho Superior da FAPERJ, e solicitava sempre que a agência de fomento  lançasse um programa de apoio no estado para a Instrumentação Cientifica, uma vez que existe uma correlação grande entre novos instrumentos científicos, ciência básica e inovação. Na reunião foi comentado que uma forma de aumentar a inovação com ciência agregada é promover maior participação das empresas nos grandes projetos científicos nacionais e internacionais, pois neles, com muita frequência, desenvolvem-se protótipos de novos instrumentos bastante avançados.

O presidente da FAPERJ também ressaltou que está estudando lançar novos editais de fomento para a organização de eventos e de produção editorial, nos quais as Vinculadas do MCTI poderão concorrer e se beneficiar promovendo suas atividades e relacionamento com seus públicos internos e externos.

O representante da direção do CBPF, Marcelo Albuquerque (Coordenador de Desenvolvimento Tecnológico e do Núcleo de Inovação Tecnológica das Unidades de Pesquisa do MCTI no Rio de Janeiro) destacou a importância da FAPERJ no aporte de recursos em 2022 em vários editais e programas de bolsas em que o CBPF foi contemplado. Albuquerque informou aos presentes que no próximo dia 02/05 será realizado um evento de homenagem do CBPF ao Diretor Ronald Shellard e convidou todos os presentes a participarem. Completou dizendo que neste ano a Rede Rio está fazendo 30 anos e que o CBPF e a FAPERJ estão organizado um evento dia 02/06 no CBPF para a comemoração dessa iniciativa, que permitiu ao estado do Rio de Janeiro ser pioneiro na comunicação de dados no país e hoje é a maior rede acadêmica da América Latina. A infraestrutura que a FAPERJ construiu para toda a comunidade acadêmica e de pesquisa do Estado do RJ é estratégica para as instituições do estado terem uma internet moderna e de alta velocidade e atender à sociedade como um todo. Marcelo sugeriu também que a FAPERJ poderia ter editais voltados para a área de Computação e Comunicação Quântica como eixo estratégico e pioneiro para o Estado do RJ.

Ao final do evento, as Unidades Vinculadas se comprometeram em organizar uma agenda propositiva para que a direção da FAPERJ revisite as UVs e discuta oportunidades de CT&I das UVs para o estado do RJ.

registrado em:
Fim do conteúdo da página