replica rolex rolex is still the best choice inside of the global watch market sector.
diamond painting made in usa.

what companies are selling legit cheap sex doll?

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Rede-Rio/FAPERJ comemorou 30 anos em evento no CBPF

  • Publicado: Sexta, 03 de Junho de 2022, 15h55
  • Última atualização em Segunda, 20 de Junho de 2022, 19h04
  • Acessos: 84

O Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro, sediou na tarde de ontem, 02/06, o evento em comemoração aos 30 anos de criação da Rede-Rio de Computadores, uma iniciativa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (Rede-Rio/FAPERJ), que contou com palestras, painel de discussão, inauguração de infraestrutura, assinatura de acordo de cooperação e confraternização. O dia contou também com a inauguração do Rio Science Datacenter, uma parceria entre CBPF e Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

A programação teve início no Auditório Ministro João Alberto com a palestra de Sandro Pereira, do CBPF e da Rede-Rio/FAPERJ, que apresentou o “Panorama atual do Backbone da Rede-Rio/FAPERJ”. Na oportunidade, Pereira informou que estava exposto no hall de entrada do auditório o novo Sistema de Monitoramento de Temperatura (SMT), que será instalado nos pontos de presença (POPs) da Rede-Rio em 2022 e 2023. São duas versões deste dispositivo: SMT e o SMT+, que podem ser fixados magneticamente nos racks dos equipamentos e de configuração simplificada. A versão SMT+ permite o monitoramento de até 12 áreas com sensores slaves conectados por uma rede Wi-Fi dedicada e comunicação por Simple Network Management Protocol (SNMP).

 

Sandro Pereira. Foto: Priscila Arrochellas - NCS/CBPF

 

Sistema de Monitoramento de Temperatura (SMT). Foto: Priscila Arrochellas - NCS/CBPF

 

Na sequência, foi apresentado o “Panorama da Inovação Tecnológica da Rede-Rio/FAPERJ”, que contou com as palestras de Marco A. Coutinho sobre as “Tecnologias RADNET aplicadas à segurança de rede” e de Renato Souza Silva sobre as “Técnicas Preventivas e Reativas na Internet e em Redes de Próxima Geração”, ambos do Laboratório de Redes de Alta de Velocidade (RAVEL) do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ).

 

Marco A. Coutinho. Foto: Priscila Arrochellas - NCS/CBPF

 

Renato Souza Silva. Foto: Priscila Arrochellas - NCS/CBPF

Também foi apresentado o experimento de “Comunicação Quântica na Rede-Rio/FAPERJ” através das palestras de Nilton Alves Jr., do CBPF e da Rede-Rio/FAPERJ, sobre o “Experimento de Comunicação Quântica” e do Prof. Antonio Zelaquett Khoury, da Universidade Federal Fluminense (UFF), sobre a “Situação da Comunicação Quântica em Outras Redes no Mundo”.

 

Nilton Alves Jr. Foto: Priscila Arrochellas - NCS/CBPF

 

 

Antonio Zelaquett Khoury. Foto: Priscila Arrochellas - NCS/CBPF

Em seguida, a tecnologista do CBPF Marita Maestrelli apresentou o Laboratório Rio Science Datacenter, centro de processamento, armazenamento e comunicação de dados, integralmente dedicado a projetos científicos. Parceria do CBPF (Coordenação de Desenvolvimento Tecnológico – COTEC) com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

 

Marita Maestrelli. Foto: Priscila Arrochellas - NCS/CBPF

Para finalizar o programa científico foi formado o Painel “A história da Rede-Rio/FAPERJ & visão de futuro”, com as exposições de Fernando Peregrino, presidente do Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior (CONFIES); Jerson Lima da Silva, Presidente da FAPERJ; Nelson Simões, Diretor Geral da RNP e Márcio P. de Albuquerque, Diretor do CBPF e Coordenador de Engenharia de Operações da Rede-Rio/FAPERJ.

 

Fernando Peregrino, Jerson Lima da Silva, Nelson Simões e Márcio P. de Albuquerque

Foto: Priscila Arrochellas - NCS/CBPF

 

Ainda no auditório, o evento proporcionou a oficialização da ligação do Projeto Casa da Democracia da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ), que é responsável pela valorização do patrimônio material e imaterial do histórico Palácio Tiradentes, sendo assinado um Acordo de Cooperação entre a FAPERJ, a RNP e a ALERJ.

 

Maria Lucia Cautiero Horta Jardim - Superintendente da Curadoria do Palácio Tiradentes

Foto: Priscila Arrochellas - NCS/CBPF

Depois disso, os presentes foram convidados a se dirigirem ao Laboratório Rio Science Datacenter para acompanhar o descerramento da placa de inauguração do “Datacenter para a ciência do Rio de Janeiro”, uma homenagem a Alfredo Marques de Oliveira (1930-2021), físico nuclear e pesquisador emérito do CBPF, que dará nome à instalação.  

 

Descerramento da placa de inauguração do “Datacenter para a ciência do Rio de Janeiro”

Foto: Priscila Arrochellas - NCS/CBPF

 

A tarde comemorativa foi encerrada com uma confraternização. O evento, híbrido, teve transmissão ao vivo e pode ser acessado pelo canal do CBPF no YouTube.

 Assista ao vídeo de celebração dos 30 anos da Rede-Rio/FAPERJ através do link: https://www.youtube.com/watch?v=7jUTNamUttY

 Mais informações:

Transmissão: https://youtu.be/NARdxzKNUkE

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página