replica rolex rolex is still the best choice inside of the global watch market sector.
diamond painting made in usa.

what companies are selling legit cheap sex doll?

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

CBPF lidera participação brasileira em rede integrada de telescópios dos BRICS

  • Publicado: Sexta, 06 de Janeiro de 2023, 19h08
  • Última atualização em Sexta, 06 de Janeiro de 2023, 19h08
  • Acessos: 40

O Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF) teve aprovado, em dezembro de 2022, projeto na 5ª Chamada Pública do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (CNPq/MCTI) em parceria com o Programa de Cooperação Internacional em Ciência, Tecnologia e Inovação dos BRICS (BRICS-STI).

 O BRICS-STI tem o objetivo de apoiar projetos multilaterais em 10 áreas prioritárias envolvendo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Das 333 propostas submetidas na 5ª chamada CNPq/MCTI/BRICS-STI, 33 projetos multilaterais foram aprovados, sendo 23 contendo equipes brasileiras (ver ‘mais informações’).

 Rede global integrada de observatórios astronômicos dos BRICS

 O projeto intitulado "Investigando a natureza de transientes multi-mensageiros com observações multi-banda coordenadas" será coordenado pelo pesquisador do CBPF, Dr. Ulisses Barres de Almeida, e conta com a participação de pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), do Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA), das Universidades de São Paulo (USP) e do Estado do Amazonas (UEA), além do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC) de Minas Gerais (MG).

 O projeto, que é um dos três aprovados na área de Astronomia, contará ainda com a participação de pesquisadores de cerca de 30 instituições de todos os países dos BRICS, formando assim um Consórcio de Astronomia dos BRICS. No Brasil, o ponto focal do Grupo de Astronomia dos BRICS está no LNA (ver ‘mais informações’).

 O objetivo do projeto é integrar as instalações astronômicas multi-banda já existentes nos países BRICS para o acompanhamento e monitoramento de eventos transientes e multi-mensageiros, a fim de estudar as propriedades de objetos astrofísicos variáveis e explosivos.

 Tal integração formará uma rede com cerca de 25 observatórios espalhados pelos diversos países dos BRICS que deverá ser a única no mundo, cobrindo todo o espectro eletromagnético, bem como uma faixa global de latitudes e longitudes, graças à distribuição geográfica dos países, fornecendo assim uma cobertura espaço-temporal completada do céu.

 Do lado brasileiro, vários observatórios participarão do projeto, tais como o Observatório do Pico dos Dias (OPD/LNA), o Southern Astrophysical Research Telescope (SOAR), o Rádio-Observatório Pierre Kauffmann, e futuramente o Large Latin American Millimetre Array (LLAMA). A integração da operação da rede e dos seus produtos observacionais será feita no nível de software, usando protocolos do Observatório Virtual e ferramentas de machine learning.          

 O projeto servirá de precursor para a futura rede de telescópios dos BRICS, a BRICS Intelligent Telescope and Data Network (BITDN), atualmente em fase de discussão, e da qual o Dr. Ulisses Barres de Almeida é o vice-diretor (co-PI em inglês) pelo lado Brasileiro. O projeto terá impacto na formação de alunos no campo da Astronomia, e no treinamento de especialistas em ferramentas de ciências de dados e computação de alto desempenho. Ele também gerará oportunidades para jovens cientistas participarem de projetos internacionais e colaborativos junto aos estratégicos parceiros BRICS.

 A proposta de uma rede integrada de telescópios dos BRICS foi lançada no Workshop de Astronomia dos BRICS, realizado no CBPF em setembro de 2019. As contribuições do workshop foram publicadas em volume especial dos Anais da Academia Brasileira de Ciências (ver ‘mais informações’).

 

 Mais Informações:

Anúncio do resultado da chamada CNPq/MCTI/BRICS-STI: https://www.gov.br/cnpq/pt-br/assuntos/noticias/cnpq-em-acao/cnpq-divulga-resultado-final-da-chamada-publica-cnpq-mcti-brics-sti-no-04-2022

 Lista dos 33 projetos multilaterais aprovados:  http://brics-sti.org/files/List_of_selected_5_2021_publish.pdf

 Grupo de Astronomia dos BRICS: https://www.bricsastronomy.org/  

 Workshop de Astronomia dos BRICS, realizado no CBPF em setembro de 2019: https://www.bricsastronomy.org/brazil-2019-brics-astronomy-workshop-and-working-group-meeting/

 Ponto Focal do BRICS Astronomy Working Group no Brasil: Bruno V. Castilho, Laboratório Nacional de Astrofísica, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Contribuições do workshop publicadas nos Anais da Academia Brasileira de Ciências: https://www.scielo.br/j/aabc/i/2021.v93suppl1/

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página