replica rolex rolex is still the best choice inside of the global watch market sector.
diamond painting made in usa.

what companies are selling legit cheap sex doll?

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

CBPF participa das comemorações de 60 anos do IEN

Publicado: Sexta, 13 de Maio de 2022, 20h09 | Última atualização em Sexta, 13 de Maio de 2022, 20h10 | Acessos: 29

O Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF) participou, no último dia 5 de maio, da cerimônia de aniversário de 60 anos do Instituto de Engenharia Nuclear (IEN), realizada no auditório do instituto, que fica na Cidade Universitária, Ilha do Fundão, Rio de Janeiro.

Na abertura das comemorações o diretor do IEN, Fábio Staude, falou brevemente da história da criação e expansão do instituto e apresentou seus projetos estruturantes em oito áreas, abrangendo desde engenharia de reatores a nanorradiofármacos, radiotraçadores, capacitação e divulgação científica.

Durante o evento foi entregue a dez personalidades e instituições o Prêmio Luiz Aghina, criado em reconhecimento à sua contribuição para o desenvolvimento e aprimoramento do IEN e do setor nuclear brasileiro.

Estavam presentes à comemoração: Paulo Roberto Pertusi, presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN); Madison Coelho de Almeida, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da CNEN e representantes de outras instituições.

Na ocasião, o tecnologista Gabriel Luís Azzi representou o diretor em exercício do CBPF, Márcio P. Albuquerque. O CBPF parabeniza o IEN nessa data que tem muito significado para o instituto, pois além da celebração dos seus 60 anos, também marca a instalação do primeiro reator nuclear para pesquisas na cidade do Rio de Janeiro.

 

 

Grupo de dirigentes no evento (a partir da esquerda): Leonardo Dalaqua Junior - Amazul; Gabriel Azzi - CBPF; Márcio Ferreira Rangel - MAST; Fábio Staude - IEN/CNEN; Carlos Alberto Brayner - CRCN-NE/CNEN; Fábio Borges de Oliveira - LNCC; Paulo Pertusi - CNEN; Madison Almeida DPD/CNEN; Ana Cristina Ferreira - IRD/CNEN;Ieda Caminha - Instituto Nacional de Tecnologia (INT) e Isolda Costa – IPEN 

Crédito: Bianca Wendhausen- IRD

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página